CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Benefícios do pescado para a saúde – oportunidade de negócio!

Benefícios do pescado para a saúde – oportunidade de negócio!

079

A busca de alimentos mais nutritivos, com baixos teores de gorduras e calorias, e com alto índice de proteínas, vitaminas e minerais, leva a população a buscar peixes, mariscos e crustáceos.

As características nutritivas variam de acordo com cada espécie, mas as principais características da maioria dos pescados são:
– Altamente digestíveis, devido à composição protéica;
– Ricos em ácidos graxos polinsaturados, principalmente ômegas 3 e 6;
– Fontes de vitaminas A, B1, B2, B6, C, D e E;
– Possuem minerais como Sódio, Cálcio Ferro, Cobre, Zinco e Iodo.

Os benefícios do pescado para a saúde humana são:
– Reduz as taxas de colesterol (redução da incidência de doenças cardiovasculares);
– Previne contra o mal de Alzheimer;
– Ajuda no combate à depressão e a distúrbios do sono;
– Auxilia na concentração e memória.

Segundo artigo de um especialista do Instituto Nacional de Saúde de Maryland (EUA), publicado na revista The Economist, mulheres grávidas que consomem mais peixes durante o período de gestação tendem a ter crianças mais sociáveis. Isso acontece, principalmente, devido ao elevado consumo de Ômega 3 presente na carne do pescado, que estimula a inteligência, a coordenação motora e a tendência a atitudes sociais dos bebês.

 A oportunidade no mercado

Quando comparada aos outros segmentos de produção animal, a aquicultura ou o cultivo de organismos aquáticos se destaca em nível mundial, com 15,7% de crescimento médio entre 2007 e 2010. Com a exaustão do setor pesqueiro extrativo nas últimas décadas, o rápido crescimento da aquicultura tem sido a única forma de acompanhar esta crescente demanda do consumo de pescado no contexto mundial.

Segundo levantamento estatístico divulgado pelo Ministério da Pesca e Aquicultura em 2010, a produção de peixes atingiu 60,2% de crescimento apenas entre 2007 e 2009. Isoladamente, a produção de tilápias aumentou 105% em apenas sete anos (2003-2009).

A piscicultura possui segmentos e possibilidade ao longo de toda a cadeia produtiva. É importante que o empresário tenha consciência de que faz parte de uma cadeia produtiva, em que vários elos estão presentes (insumos, produção, beneficiamento, logística e comercialização), e que cada um deve estar devidamente preparado para fazer a sua parte ou até mesmo somarem forças.

Saiba outras informações sobre este negócio e tendências de mercado. Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/Busca?q=peixe

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae