CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

B2B: O que é e como aplicar em sua indústria

B2B: O que é e como aplicar em sua indústria

Quem sonha com a abertura do seu próprio negócio precisa estar totalmente preparado com os diversos termos que envolvem a sua atividade.

Se você quer abrir um comércio, por exemplo, precisa analisar fornecedores, distribuidores e potenciais clientes que estão presentes na sua região.

Se pretende abrir uma agência de publicidade, terá que verificar se há boas condições de demanda para a sobrevivência do negócio.

E se quer abrir uma indústria de rachador de lenha, precisa saber quem é o seu público e se o negócio está inserido no ramo B2B.

Por sua vez, o mercado B2B se tornou um dos caminhos mais requeridos para uma empresa do ramo industrial ter sucesso e se destacar. Isso, pois existem muitos nichos que valem a pena investir.

Você quer saber mais sobre o setor B2B e como a sua empresa pode fazer parte? Então neste post nós iremos explicar todos os detalhes do assunto. Não deixe de nos acompanhar neste conteúdo! Vamos lá?

O que é B2B?

O termo B2B é uma abreviação em inglês para Business to Business, que pode ser traduzido para o português como negócio para negócio.

De forma geral, o B2B se trata de uma empresa que vende produtos ou presta serviços para outras empresas. Ou seja, é a realização de trocas comerciais entre dois negócios.

Portanto, se a sua empresa já realiza vendas para outras organizações, ela deve ser considerada como um empreendimento Business to Business, ou B2B.

É o caso das empresas que trabalham com o tratamento de efluentes de outras empresas e indústrias, por exemplo. Além disso, muitos negócios podem vender tanto para empresas como para clientes finais, ou seja, pessoas físicas.

Uma empresa que vende para consumidores finais pode ser considerada como um empreendimento B2C, ou seja, Business to Client.

Quais os benefícios do modelo de negócios B2B?

Como dissemos no início do post, o mercado B2B se tornou ainda mais atraente para os novos empreendedores, uma vez que é possível ter alta escalabilidade dos produtos e rentabilidade, além da possibilidade de trabalhar com nichos que não possuem muitos concorrentes. Veja abaixo mais vantagens de investir no modelo B2B:

Relacionamento a longo prazo

Grande parte das empresas que estão inseridas no mercado B2B são fornecedores ou distribuidores.

Nesse caso, elas costumam trabalhar por meio de contratos de longo prazo. Ou seja, se sua empresa vende chapa de acrílico, por exemplo, as chances do seu cliente permanecer comprando da sua empresa é sempre mais alta.

Melhor gestão de preço

Outra vantagem do modelo B2B é que os preços de produtos e serviços são mais simples de serem definidos, uma vez que as empresas desse mercado costuma informar todos os detalhes sobre os produtos e seus preços.

Monitore a concorrência

Além das informações de preço serem repassadas abertamente, também é possível encontrar dados sobre as empresas concorrentes.

Isso, pois as empresas consumidoras levam esses dados em consideração antes de realizar alguma compra. Por isso, elas precisam ficar disponíveis e visíveis a todos.

Agora que você já sabe tudo sobre o mercado B2B e com sua empresa pode fazer parte desse modelo, o que acha de começar o investimento em sua própria empresa B2B? Gostou do post? Conta pra gente!

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Felipe SIlvaEspecialista