CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Atacado de Papel e Papelão para Embalagens

Atacado de Papel e Papelão para Embalagens

Embalagem_Capa

Oportunidade em um setor em expansão

Segundo a BRACELPA (Associação Brasileira de Celulose e Papel), o Brasil é um grande produtor de papel. Destaca-se mundialmente por produzir e abastecer os mercados com expressivos volumes de papel de embalagem, papéis de imprimir e escrever e papel cartão.

Nos últimos dez anos, o País aumentou sua produção em 27%, com crescimento médio de 2,7% ao ano, acompanhando as mudançasEmbalagem_Centro 3 economia brasileira. O desenvolvimento socioeconômico e o aumento de renda da população, com a inserção de novos consumidores no mercado, resultaram em mais demanda por livros, cadernos, jornais e revistas, embalagens para alimentos, remédios e itens de higiene pessoal. Em 2010, o setor posicionou-se como 10º produtor mundial de papel e, em 2012, posicionou-se em 9º lugar no ranking mundial, com 10.260 de toneladas do produto.

A ANPO (Associação Brasileira de Papelão Ondulado), no Brasil, informa que o volume físico de embalagens produzidas em papelão ondulado representa perto de 18% do total da produção de embalagens, incluindo todos os tipos de materiais.

A crescente preferência do mercado consumidor por embalagens de papelão ondulado, devido às suas vantagens econômicas, produtivas e ambientais, faz com que a indústria brasileira do papelão ondulado mantenha sua perspectiva positiva de investimento e geração de valor para os próximos anos.

Entretanto, análise do primeiro semestre de 2013, da ABRE (Associação Brasileira de Embalagem) demonstra que as embalagens de papel, cartão e papelão tiveram retração na produção durante o período, com queda de -1,34%, respectivamente. Porém, a ABRE afirma em seus dados de mercado que as principais indústrias usuárias de embalagem apresentaram uma retração em sua produção no primeiro semestre de 2013 em comparação com o ano de 2012. Mas as indústrias de bens de consumo já ensaiam uma recuperação, pois passaram de uma queda de 3,6% na produção no primeiro trimestre, para uma elevação de 2,5% no segundo, o que deve ocasionar um crescimento na produção durante o segundo semestre do ano.

Dicas de Especialista

Cada empresário deve aproveitar as oportunidades que assume, construindo o sucesso da sua empresa a partir da sua realidade e da realidade do seu mercado. Portanto, o ponto de partida é a análise do seu mercado, das tendências e das perspectivas de crescimento, oportunidades e ameaças que podem ser vislumbradas no médio e longo prazo e, especialmente nos próximos anos, qual o impacto dos megaeventos sobre o seu setor, a sua região e especificamente, sobre seus clientes.

Analisar o setor significa avaliar seus atuais e potenciais clientes, suas necessidades e expectativas, suas perspectivas de crescimento, seu comportamento e atuação no mercado, etc. Significa também avaliar o perfil dos atuais e potenciais fornecedores, considerando os produtos ou serviços que oferecem as condições, as exigências, o preço e o poder de barganha. Para completar a análise setorial, é necessário analisar seus concorrentes, da forma mais imparcial possível, avaliando as suas competências e as suas deficiências em relação aos fatores chaves de sucesso do setor.

Por fim, o empresário deve fazer um cruzamento da análise do mercado (perspectivas, tendências, impactos dos megaeventos, fornecedores, clientes, concorrentes, etc.), buscando identificar aqueles aspectos que representam oportunidades e aqueles que representam ameaças para sua empresa, comparando com as possibilidades da sua empresa aproveitar essas oportunidades e se defender das potenciais ameaças.

Através desse exercício, o empresário do comércio de bobinas de papel e de papelão para o setor moveleiro poderá conhecer melhor as peculiaridades do mercado de sua região de atuação, seus clientes, seus concorrentes e seus fornecedores e assim estabelecer as estratégias e os rumos de crescimento da sua empresa, de acordo com suas competências e os recursos disponíveis.

O empresário deverá criar suas próprias soluções, formulando estratégias criativas e singulares, que sejam difíceis de ser imitadas pelos concorrentes. Estará assim construindo seu próprio caminho para o crescimento e sustentabilidade do seu negócio no médio e longo prazo.

Saiba mais:

Para saber http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/Busca?q=Papel%20e%20papel%C3%A3o

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga