CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Artesanato Brasileiro – Inovações e tendências para 2014

Inovação e Tendências_01

Muito se fala em novas tendências para o artesanato e para a indústria de modo geral no ano de 2014. O ano começa e estamos a deriva de um mar de acontecimentos que não podem ser deixados de lado. Todos os mega eventos que farão com que os olhos do mundo inteiro estejam voltados para o Brasil tem que ser levados em consideração sim, principalmente na hora de planejar e elaborar suas novas peças.

Não só os olhos do mundo, mas de cada brasileiro estarão voltados para o que o Brasil tem (de melhor ou de pior). Nosso país estará em foco e isso é uma excelente oportunidade de negócio. O artesão pode se perguntar, mas como posso aproveitar melhor essa fase, e afirmando que é só uma fase.

Quanto a última afirmação pode-se dizer que é só uma fase sim, Copa e Olimpíadas acontecerão em outros países daqui a alguns anos, mas momentos únicos como este, bem aproveitados, podem render ao seu negócio (lojistas e artesãos) uma receita nunca antes vista e uma visibilidade que outra ocasião não traria. Além disso, negócios futuros podem ser gerados a partir de contatos realizados nesses eventos.

Já sobre como aproveitar esta oportunidade, uma pesquisa do Sebrae na FENARTE em Pernambuco no ano passado registrou inovações entre os artesãos e tendências levantadas por designs que podem ajudá-lo a colocar a criatividade a favor da sua arte e do seu negócio.

Brasilidade – Brasilidades, cores fortes e releitura de usos de materiais são algumas das principais tendências do artesanato para os próximos meses. De acordo com a designer de moda, Margareth da Silva, ganham destaque especialmente as cores azul, amarelo e verde e as assimetrias.

Rendas – “A aplicação da renda e com ela o conceito de exclusividade é uma tendência muito forte e que promove o item e o trabalho do designer”, explica Margareth. Já a estilista Ingrid Falcone ressalta que a tradição da renda continua nas peças de vestuário e decoração, mas com leituras mais tecnológicas e modernas.

Valorização e preço – Técnicas como o fuxico também chegarão forte como tendência de artesanato, pela sua simplicidade e brasilidade. “Os consumidores estão valorizando o que é diferente e único, mas nem sempre podem pagar por isso. Assim, o uso do artesanato em aplicações nas peças padronizadas é uma solução”, comenta Falcone.

Sustentabilidade – A releitura de matérias-primas também é uma tendência do setor de artesanato. Torna-se cada vez mais necessário pensar no negócio como um todo, inclusive diminuindo os resíduos dos processos de produção ou reutilizando-os na fabricação de outros itens. O consumidor estará ainda mais ligado nestes aspectos.

Continue acessando novidades sobre o tema no endereço: http://sebraemercados.com.br/.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae