CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Acompanhar tendências aprimora a qualidade da Mandioca

Acompanhar tendências aprimora a qualidade da Mandioca

012---01---farinha-de-mandioca

Nos últimos anos, tem-se observado uma crescente profissionalização do setor da farinha de mandioca. Apesar da informalidade, muitas empresas têm se organizado e adquirido informações e equipamentos que melhoram o processo produtivo. Ao acompanhar este movimento de profissionalização, o pequeno empresário aumentará suas possibilidades de inserção no mercado.

Trata-se de tendências de mercado que não devem ser ignoradas, pois, apesar de o lucro poder se manter, caso haja inovação produtiva e a concorrência fique mais acirrada, ele certamente será menor do que poderia.

Outra tendência que vem ocorrendo é a aproximação entre produtor e processador. O mandiocultor passa a agregar valor por meio do processamento e da produção de sua matéria-prima de maneira a melhorar seus custos, assim como garantindo o fornecimento no padrão de qualidade e no volume especificado.

Agregando mais valor com a tecnologia

As técnicas de manejo e o pequeno empresário também precisam acompanhar as pesquisas mais recentes a fim de aumentar a produtividade e a qualidade dos seus cultivos. As pesquisas tecnológicas têm subsidiado novos cultivares mais adaptados a cada região do país e com características particulares a determinados produtos finais.

Além disso, avançam com contribuições importantes para novas modificações no amido, com ênfase em processos naturais, o que aumentará a diversificação do seu uso e o apelo aos produtos com menos introdução de materiais artificiais. O amido é usado no mercado como uma alternativa que possibilita o melhor aproveitamento para fins industriais.

Curiosidade

Você sabia que, no Brasil, estão sendo desenvolvidas pesquisas que melhoram as características genéticas da mandioca? O trabalho, que tem objetivos comerciais, sociais e científicos, visa a identificação e a geração de novas variedades da mandioca. As pesquisas pretendem desenvolver características que tornem essas novas variedades mais completas, competitivas e atraentes para o mercado.

Além disso, as pesquisas buscam alcançar três objetivos principais: maior valor nutricional, maior concentração de amido e menor teor de ácido cianídrico. O aumento do teor de amido, por exemplo, é importante para a indústria de farinha e fécula porque aumenta a produtividade na industrialização da mandioca.

Um exemplo de melhoramento do valor nutricional é o trabalho com a variedade “rosada” desenvolvido em parceria entre a Embrapa e o Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT), de Cali, na Colômbia – que tem o maior banco de germoplasma de mandioca no mundo.

Saiba mais sobre o mercado do setor. Acesse: http://www.sebrae.com.br/setor/servicos/acesse/ideias-de-negocio/ideias-de-negocio/visualizar-ideias/documento/026F5709566F803083257B830062E268/campo/impNeg

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae