CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

6 dicas para um excelente serviço de entrega no seu e-commerce

6 dicas para um excelente serviço de entrega no seu e-commerce

A etapa que mais recebe reclamações no processo de compra em e-commerce é a entrega de produtos.
Qualquer descuido cometido em relação ao envio como ultrapassar o prazo de entrega, produto errado ou quebrado acaba na hora com o bom relacionamento entre a empresa e o cliente. E naturalmente o cliente vai falar da péssima experiência em redes sociais e sites na internet. Em pouco tempo várias pessoas podem estar sabendo da imagem negativa que sua empresa possui. Portanto, é fundamental que sua empresa tenha uma boa logística para atender bem seus clientes e oferecer um serviço eficiente de entregas de produtos.
Confira 6 dicas para você ter um excelente serviço de entrega e pós venda no seu E-commerce:


1) Prazo de entrega
Estabeleça sempre uma margem de segurança em relação ao prazo de entrega. Se a previsão de entrega é de 3 dias úteis, informe que vai chegar em no máximo 5. Isso é melhor do que prometer uma data que pode ser impossível de cumprir. Mesmo que o prazo de entrega do concorrente seja menor que o seu, seja honesto com seu cliente. No começo é provável que não tenha algumas vendas pelo prazo ser maior, mas com o tempo os clientes vão perceber que o concorrente atrasa a data estabelecida e vão escolher a sua loja virtual por cumprir o que foi informado no momento da compra.


2) Rastreamento
Possibilite ao cliente acompanhar no conforto de casa todas as fases do processo de compra, desde a aprovação do pagamento até transporte do produto. Isso demonstra que a sua empresa é bastante profissional e transmite mais segurança.


3) Empresas de serviço de entrega
A escolha das empresas que serão responsáveis pelo serviço de entregas é muito importante. Correios dominam cerca de 70% desse mercado, mas existem outras empresas alternativas. Como é o cliente que paga o frete, pesquise valores agradáveis para o bolso dele e ofereça diferentes opções de envio como transportadora, motoboy, Sedex ou PAC.


4) Sistema de gestão
Todos os setores de sua empresa devem estar interligados através de programas de gestão empresarial, os chamados ERPs – Enterprise Resource Planning, capaz de integrar diversas áreas do e-commerce. A cada compra realizada no site, o sistema avisa que uma nova operação foi efetuada e imediatamente encaminha para o estoque para dar baixa e a logística fazer todo o trabalho de entrega. E quando o estoque precisar de mercadorias, um email pode ser enviado ao fornecedor por meio do controle de estoque automatizado.

5) Trocas

Tenha uma excelente logística reversa – a reentrada de mercadoria no estoque. Uma das coisas mais comuns em e-commerce é a troca de produtos, pois o cliente não pode testar o produto antes de comprar. Facilite as coisas para o cliente para que ele não se arrependa de comprar pela internet. Explique detalhadamente em seu site sobre os prazos, condições de troca e devoluções e também o reembolso do valor gasto.


6) Embalagens
Não é nada agradável para seu cliente receber um produto com embalagem rasgada ou aberta. É importante enviá-lo em material resistente e seguro. Um detalhe que você pode fazer para surpreender o cliente é utilizar embalagens personalizadas com a sua marca ou qualquer coisa que o diferencie da concorrência gastando pouco. Simples detalhes como carimbo personalizado nos pacotes, usar papéis coloridos ou adesivos encomendados além de darem um toque especial, fortalecem a sua marca na mente do cliente.


7) Comunicação  
Segundo a lei 6.523, instituída desde 2008 é obrigatório que empresas possuam SAC, isto, portanto, é básico e indispensável. O SAC deve ser usual, de fácil navegação e acesso. Há também os canais complementares, tais como chat, telefone e e-mail, que se fazem bastante úteis e necessários. A comunicação por meio das redes sociais é responsável por agregar novos clientes, bem como manter e fidelizar os consumidores. Sendo assim, aposte e invista em ações digitais.


Para os consumidores que gostam de saber mais sobre o site de compra, vale lembrar que o Procon-SP listou 275 endereços eletrônicos para ser evitados e  um desenvolvedor do Rio criou um aplicativo que os identifica e avisa se ao internauta se está navegando em uma das lojas virtuais listadas. O “Lista Segura” é uma extensão para o navegador Google Chrome. Pode ser baixado gratuitamente na Web Store, loja de plug-ins para o browser. Funciona assim: depois de instalar o aplicativo, em todas as vezes que um site da lista for acessado, um círculo vermelho com um “X” branco irá aparecer ao lado do endereço no navegador. Ao clicar no símbolo, serão mostradas as informações do site, como data de inclusão na lista do Procon e nome da empresa responsável.


Baixe o aplicativo aqui
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae