CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

5 dicas para melhorar o atendimento ao cliente na Copa

5 dicas para melhorar o atendimento ao cliente na Copa

Fonte: Revista PEGN

maracana; copa do mundo; futebol (Foto: Divulgação)
Ainda dá tempo para aprender palavras-chaves em inglês e em espanhol (Foto: Divulgação)
Faltando poucos dias para a Copa do
Mundo, é hora de fazer ajustes finais para garantir um bom atendimento ao longo
do evento. Algumas dicas de última hora podem ainda fazer diferença.
José
Worcman é sócio-diretor da OnYou, empresa especializada em qualidade de
serviços. O empreendedor apresentou cinco conselhos para não fazer feio
nas próximas semanas.
1.    Público
exigente
    Os turistas nacionais e internacionais que viajam o Brasil para assistirem aos
jogos costumam ser exigentes. “São pessoas que esperam um bom atendimento,”
diz. Por isso, o cuidado deve ser dobrado. A diversidade de pessoas exige
serviço personalizado e flexível, ajustado à origem do cliente.

2.    Vocabulário
básico
     Não é mais hora de se inscrever ou inscrever seus funcionários em cursos
elaborados e demorados de inglês e de espanhol. A solução é aprender
palavras-chaves, relacionadas ao negócio, e algumas expressões relevantes. “A
barreira do idioma não será completamente quebrada, mas é importante demonstrar
alguma preocupação,” afirma Worcman.

3.   
Profissionalismo
   O brasileiro é conhecido por sua receptividade calorosa. Apesar das
características marcante, durante a Copa será importante manter o
profissionalismo. “Alguns atendentes brasileiros encostam as mãos em clientes,
é um traço cultural. Enquanto a simpatia deve ser mantida, o contato físico
precisa ser evitado,” afirma o empreendedor. Em outros países, o ato não é bem
entendido.

4.   
Conheça seu negócio
     É importante entender
a capacidade de sua casa e o tamanho de sua equipe. “Pense em formas de
amenizar filas de espera, ou ainda de algo para ser consumido durante este
período,” diz. 

5.   
Diferenciais
     Aproveite o momento para se destacar de outros negócios. 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae