CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

4 tipos de investimentos que todo empreendedor deveria conhecer

4 tipos de investimentos que todo empreendedor deveria conhecer

A gente sabe da correria que é o dia a dia do empreendedor. Mesmo assim, é importante se planejar para o futuro a fim de evitar algumas surpresas desagradáveis.

Muitos empreendedores não pensam sobre a aposentadoria ou ter uma reserva de emergência para qualquer eventualidade, sua ou de sua empresa. Sabia que até mesmo aquela sobra de caixa que fica parada na conta corrente da empresa pode render alguns preciosos reais a mais se bem investida?

Por isso, vamos listar 4 tipos de investimento para você obter  bons rendimentos na sua vida de empreendedor-investidor.

Tesouro Direto

Tesouro Direto é na verdade o nome do sistema que possibilita o investimento em títulos do Tesouro Nacional. Quando você adquire um título do Tesouro, está na verdade “emprestando” dinheiro para o Governo Federal, que devolverá a quantia com juros.

Os investimentos nos títulos do Tesouro são extremamente seguros e costuma pagar uma rentabilidade muito superior àquela da poupança, por exemplo. As taxas de remuneração variam de acordo com a natureza do contrato e o prazo do vencimento.

CDBs e outros títulos de renda fixa

Os títulos de renda fixa, dos quais o mais famoso é o CDB (certificado de depósito bancário), também seguem a lógica do item anterior, mas aqui seu dinheiro é emprestado aos bancos, que o devolverão com os juros do período.

Além do CDBs, há outros títulos de renda fixa, como as LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) e LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio). A diferença está em como o dinheiro investido por você será utilizado, no setor de construção de imóveis ou da agricultura.

Esses títulos também são boas opções à poupança e as taxas de juros aplicadas variam bastante. São interessantes também para aquelas aplicações de curtíssimo prazo, como o caixa da empresa, desde que o prazo de permanência seja compatível com sua necessidade. Desse modo, é possível ter rendimentos enquanto os recursos não saem da empresa.

Ações

A partir daqui estamos entrando no campo da renda variável, ou seja, há riscos. Apesar desse alerta, o investimento em ações deve ser considerando pelo empreendedor, uma vez que com os riscos também surgem os retornos, muitas vezes superiores à renda fixa.

Ações nada mais são do que pedaços de grandes empresas que são comercializados na bolsa de valores. Quando você adquire uma ação, torna-se sócio de uma parcela minúscula daquela companhia, tendo direito, inclusive, ao recebimento dos lucros proporcionais, na forma de dividendos.

O risco fica por conta, principalmente, das variações das cotações da empresa que podem subir e descer diversas vezes durante os pregões.

Fundos Imobiliários

Os fundos imobiliários se resumem à reunião de recursos financeiros para aquisição ou construção de imóveis para renda ou venda com lucro, além do investimento em títulos do mercado imobiliário.

Da mesma maneira que as ações, você será proprietário de uma pequena parcela desses imóveis, possuindo direito aos alugueres proporcionais e outros rendimentos decorrentes. Aqui também há o risco relacionado às cotações dos fundos, que variam no tempo.

Diversificação: o mais importante

Grande parte dos investimentos acima só é acessível por meio da abertura de uma conta numa corretora de valores. Com uma conta ativa, você possui a oportunidade de investir em diversos desses ativos, e essa é uma lição essencial. Nunca coloque todos os ovos numa cesta só.

É imprescindível investir de forma diversificada, de acordo com o seu perfil de risco. Pessoas com mais disposição para correr riscos podem ter uma carteira de investimentos mais concentrada nos dois últimos tipos de investimento, enquanto outras com menos disposição podem concentrar-se nos dois primeiros.

Nunca tire a sua vida financeira e seus investimentos do radar. Eles são de grande ajuda na sua jornada como empreendedor.

Forte abraço.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário