CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

Perguntar é uma funcionalidade apenas para usuários registrados.
Você deve fazer login ou se cadastrar para fazer a pergunta.

Entrar


CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

4 tipos de funcionários indispensáveis para sua empresa

4 tipos de funcionários indispensáveis para sua empresa

Para contratar a equipe ideal, especialistas afirmam que é importante definir o perfil compatível com cada cargo
Foto: Getty Images
Uma das principais dificuldades que um empreendedor tem é de gerir as pessoas da sua pequena empresa.
E, para que a sua equipe trabalhe de forma eficiente e produtiva,
primeiramente é preciso que os perfis profissionais e comportamentais
dos funcionários sejam compatíveis para que exista essa harmonia no
ambiente de trabalho. 

Gilberto Guimarães, professor da Business School São Paulo, afirma que o
recrutamento das pessoas certas é crucial para montar o seu time ideal.
“O primeiro passo é definir qual o perfil ideal para o cargo que você
está buscando”, diz.

As competências técnicas são as mais fáceis de serem avaliadas, com
documentos e certificados, mas não devem ser os únicos aspectos
considerados na hora da contratação. “A competência comportamental é
mais difícil de medir, mas é possível traçar como a pessoa é com uma
avaliação psicológica”, explica Osmar Bueno de Carvalho Junior,
consultor de recursos humanos do Sebrae-SP. Com a ajuda dos
especialistas, EXAME.com listou os principais tipos de funcionários para
o time da sua empresa.

1) O comunicativo

A capacidade de interagir com pessoas é um traço comportamental
essencial para profissionais da área de vendas, por exemplo. “Ele se
abre, ouve e tem paciência. É aquela pessoa que gosta de se relacionar”,
afirma Guimarães. 

A maneira como as vendas de um serviço ou produto são feitas interfere
na percepção que os clientes têm da sua marca e da empresa. “Se vai
trabalhar com o público, não pode ser uma pessoa mais séria porque não
vai atrair os clientes”, explica Junior.

2) O executor
No caso de startups,
por exemplo, colocar a mão na massa faz parte do caminho para se ter
sucesso. De nada adianta ter ótima visão do mercado e uma ideia de
produto ou serviço se não tem uma pessoa do time que se dedica a
executar essas ideias.
No caso de pequenas empresas, Guimarães explica que em uma equipe é
importante ter aquele profissional que gosta de fazer e é proativo. Esta
é uma competência daqueles profissionais que sabem quais são as medidas
e ações necessárias para solucionar cada problema.
3) O comprometido
O engajamento do profissional com a empresa é indispensável para que as
metas sejam atingidas. Além disso, Junior ressalta que o
comprometimento deve ser estendido para as pessoas com quem ele
trabalha. “Tem que ter um espírito de trabalho em equipe, já que ninguém
trabalha sozinho”, afirma.
Além da contratação de profissionais com esse espírito, faz parte do papel do empreendedor saber como levar o conhecimento sobre a missão,
os valores e os objetivos da empresa aos funcionários. Dessa maneira,
ele conseguirá ter um time mais unido e com a percepção do que precisa
ser feito para alcançar os objetivos da empresa.
4) O criativo
Para que a sua empresa consiga implantar ações inovadoras,
profissionais que são mais flexíveis e impulsivos tendem a ser mais
criativos. “São aquelas pessoas que gostam do processo de criação”,
conta Guimarães. Para ele, o líder não pode ser o único da empresa a ter
essa competência.
Independente da área de atuação do seu negócio, a criatividade é
necessária tanto para promover o seu produto quanto na maneira de se
relacionar com o público-alvo.
Fonte: Exame
Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae