CADASTRAR

Entrar

Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Enviar mensagem

Adicionar pergunta

Entrar

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

Como usar a brasilidade a favor do seu negócio

Como usar a brasilidade a favor do seu negócio

Brasilidade 1_Capa

As empresas devem transmitir brasilidade em todos os pontos de contato com o consumidor.  Pontos de contato são todas as formas que seu cliente, ou potencial cliente, pode ter com a marca e seus produtos e serviços.

Na 4ª edição do Papo de Negócios Sebrae 2014, por meio de um painel sobre o tema, uma consultora do Sebrae esclareceu que usar a brasilidade é incluir na oferta de produtos e serviços uma boa dose da identidade e da característica brasileira. O turista estrangeiro quando vem ao Brasil, em tudo que ele compra, em tudo que ele consome, ele quer ter a certeza de que está passando por uma experiência autenticamente brasileira.

Para associar brasilidade aos pontos de contato do negócio, recomenda-se:

1º) Identificar quais são os pontos de contato acessíveis ao cliente ou potencial consumidor.

2º) Corresponder a cada um desses pontos como o cliente interage com ele.

3º) Fazer conexão do conceito de brasilidade com a forma de interação do cliente.

Algumas dicas rápidas e exemplos bem práticos

Para cumprir a primeira etapa, fuja do óbvio. Procure listar todos os pontos de contato que seu negócio possui. No primeiro momento, escreva os itens em uma lista de papel, sem julgar a conveniência, ou não, daquele ponto de contato.

Uma cadeira, por exemplo, pode ser um ponto de contato com sua marca. Uma cadeira desconfortável ou insegura, ou mesmo a ausência de qualquer cadeira, caracterizará, certamente, um ponto de contato negativo. Por outro lado, uma cadeira que, além de segura e confortável, transmita brasilidade por meio da aplicação de adornos do artesanato local, compondo esteticamente o ambiente, pode representar um gancho tanto com a temática da Copa do Mundo, como com sua marca, produtos e serviços.

Antes de definir quais os pontos de contato farão parte do projeto de brasilidade para o seu negócio, pense no conjunto da obra. Isto é, não se deve realizar esse tipo de intervenção sem analisar antecipadamente o resultado final, sob pena de perder o efeito desejado dessa comunicação com o mercado.

Contar com o apoio de especialistas pode ser muito mais que vantajoso, porque além de efeitos estéticos, existem custos a serem planejados já que apenas a cadeira usada como exemplo jamais transmitiria sozinha o conceito de brasilidade de um ambiente inteiro. É a ajuda de especialistas que vai chancelar seu julgamento da conveniência, ou não, dos pontos de contato que seu projeto de brasilidade utilizará.

É importante destacar que nem sempre você precisará criar ou investir muito nos pontos de contato. Muitas vezes, eles já estão presentes na loja e o que falta é um projeto de comunicação mais eficaz.

Suponhamos que você já tenha exatamente a mesma cadeira mencionada como exemplo. Porém, seus clientes e nem mesmo sua equipe de atendimento sabem que aqueles adornos foram confeccionados por artistas brasileiros – muitas vezes artistas da região – e que foram cuidadosamente aplicados para dar coerência estética à ambientação do seu negócio. Nesse caso, etiquetas ou displays informando, por exemplo, a autoria da peça e a origem da matéria-prima contribuem para compor a comunicação de brasilidade com o ambiente. Enfim, valorize a brasilidade que já está presente nos seus pontos de contato. Foque a brasilidade também sob a ótica da cultura regional.

Falta de brasilidade é a principal barreira

Durante os jogos da Copa das Confederações 2013, o Sebrae identificou por meio da metodologia do cliente oculto que a falta de brasilidade em produtos/serviços foi principal barreira para a realização de negócios com turistas estrangeiros em quatro cidades-sede dos jogos: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza e Rio de Janeiro.

Foram avaliados negócios de serviços, turismo e comércio durante os jogos da competição. Entre os problemas mais comuns de falta de brasilidade, viu-se em Brasília e Belo Horizonte lojas de roupa que não ofereciam qualquer artigo com as cores ou características nacionais. Encontravam-se apenas peças das coleções de inverno em tons pastéis e escuros.

Se problemas como esses permanecerem nessas ou nas demais cidades-sede dos jogos da copa do mundo, os pequenos estabelecimentos estarão perdendo uma boa oportunidade de ganho de receita a partir do turista estrangeiro.

Saiba mais sobre este e outros assuntos relacionados à Copa do Mundo FIFA 2014, acessando o Papo de Negócio. Desde o mês de abril, o Sebrae realiza a série de eventos virtuais Papo de Negócio Sebrae 2014 tratando de assuntos referentes às oportunidades que a Copa do Mundo FIFA 2014 com convidados e especialistas de diferentes áreas do setor empresarial e do governo.

Durante os dias do evento, os internautas podem assistir aos vídeos de cada convidado e enviar perguntas. As dúvidas mais votadas pelos internautas são respondidas pelos convidados.

No link Edições Anteriores, você terá acesso a todo o conteúdo, em vídeo, desde a primeira edição.

 

* Imagem: Arte de Nemm Soares, Álbum Reinvento – Fonte www.flickr.com.br

 

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae

Esse é o perfil institucional do Sebrae nessa comunidade. Quer saber mais sobre o Sebrae - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas? Acesse: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/canais_adicionais/o_que_fazemos

Me siga