CADASTRAR

Entrar


Senha perdida

Perdeu sua senha? Por favor, indique o seu endereço de e-mail. Você receberá um link e criará uma nova senha por email.

Adicionar pergunta

CADASTRAR

Você pode se cadastrar gratuitamente no site. Basta clicar em CRIAR UMA CONTA e seguir o passo a passo.

O marketing focado em crianças

As crianças influenciam cada vez mais o consumo familiar

Ao nascer não somos consumidores, mas conforme com o crescimento, a criança tem cada vez mais voz no consumo familiar.  As novas relações familiares foram instauradas com o crescente acesso a informações das crianças, como internet e TV.

As crianças eram vistas como não tendo desejo próprio, mas essas mudanças rápidas e profundas emergiram a partir do momento que os pais saíram de casa para trabalhar, com efeito nos modelos de educação dos filhos. De sujeitos passivos, as crianças passaram a ter um papel ativo, incrementado pela curiosidade comum a elas.

As crianças são encorajadas a ter participação na tomada de decisão, mas a negociação e diálogo são fundamentais. A criança é ouvida, mas passou também a reivindicar e a facilidade de acesso a informação corroborou para isso.

Os pequeninos passaram a ser conhecedoras das ofertas de mercado porque dispõem de maior tempo para busca de informação, bem como instrumentos para isso. As empresas podem atender esse nicho de mercado e que tem muita influência a decisão de compras dos adultos.

Vários países buscam regular a atividade de marketing infantil para evitar excessos. Em alguns, qualquer comunicação publicitária voltada diretamente à criança é proibida. No entanto, há várias formas possíveis de relacionamento com a criança e seus pais que fazem parte das ferramentas promocionais.

Uma das melhores oportunidades para a conquista é o dia das crianças e as ações para a data podem fidelizar e aproximar o cliente com a loja. Independentemente do tamanho do ponto de venda, atrativos podem ser criados, inclusive com brincadeiras regionais.

A interação com os pequenos é muito importante e a participação nessa mudança de comportamento pode ser um grande potencial para as empresas. As crianças hoje são influenciadoras e decisoras na aplicação dos recursos dos pais.

Luciana Pecegueiro Furtado
Da Unidade de Acesso a Mercados

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Sobre Sebrae MercadosSebrae